PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Luisa&Vitão? Whinderson faz piada e ensina a lidar com dor de cotovelo

Universa

11/09/2020 15h56

Reprodução: Instagram

Um triângulo amoroso tem muito mais ângulos do que os conhecidos três que aprendemos nas aulas de geometria do colégio. A internet foi dormir e acordou enlouquecida com a revelação de que Vitão e Luiza Sonza realmente estão juntos. Pelo número de retweets e comentários que estão nas redes desde hoje de manhã, eu nem sei se foi dormir.

O que são uma pandemia, um continente queimando, ou nossas próprias crises pessoais perto das novidades amorosas de Luísa Sonza ou das possíveis reações de Whinderson Nunes? O brasileiro tem prioridades.

Veja também

Uma das boas coisas dessa história é ver a reação de Whinderson à história toda. Dores de cotovelo masculinas são, por tradição machista, ocultadas. Ou viram apenas comentários agressivos entre amigos. Whinderson, não. Fez piadas com o assunto quando a história estava bombando na quinta (9). Primeiro retomou esse trocadilho aqui, que agora tem mais que duplos sentidos:

 

 

Perguntou também se no álbum do rapper Matuê tinha sofrência. Marília Mendonça entrou na piada e disse que no dela tinha, sim. Detalhe: a música de Matuê lançada na mesma quinta-feira é a voz de um homem pedindo desculpas por ter feito sexo com a prima do outro. A razão do primeiro é "a bunda dela me fascina", entre outras coisas impublicáveis. Mas quem sou eu para fazer esse paralelo.

Teve mais: vários seguidores compartilharam a print de uma foto antiga de Luiza e Whinderson em que Vitão, então amigo dos dois, comentava: "meu casal". Um deles disse que Whin deveria entrar no post dos dois e comentar o mesmo. Seria engraçado, né? A internet numa guerra e o youtuber devolvendo a ironia. Eu ri. Mas ele estabeleceu o limite da piada: "Aí é muita moral", respondeu.

Ponto para ele de novo. A gente pode rir do que nos magoou ou magoa, sim. Mas tem que dizer até onde pode ir a piada. Sabe o livro da Chapeuzinho Amarelo? Uma obra prima do Chico Buarque ilustrada por Ziraldo. Nele, Chapeuzinho tem tanto medo do lobo que fica falando dele sem parar. Até que a palavra lobo emenda na outra, e o lobo vira bolo. LOBOLOBOLOBOLOBOLO. Não dá nem para lembrar o que estava te incomodando quando você coloca para fora.

Curto o jeito simples e descontraído de Whinderson ser um cara autêntico. Não só eu, ele é um dos youtubers mais influentes do mundo. Acho legal também que Luísa Sonza viva de seu rebolado.

 Vai ver nem precisava fazer o post que ela fez ontem, depois de assumir o namoro. Ela em primeiro plano e uma casa queimando atrás. Ela só assumiu uma relação, não botou fogo no mundo. Como disse uma seguidora: "Senta, bem, toma uma água, está tudo bem". Não é para tanto. Muito menos para ser atacada como ela está sendo. Estava solteira, está namorando agora, nem o ex está tão bravo quando os fãs.

A gente pode falar mais disso (ou de outras coisas) lá no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Luciana Bugni é gerente de conteúdo digital dos canais de lifestyle da Discovery. Jornalista, já trabalhou na “Revista AnaMaria”, no “Diário do Grande ABC”, no “Agora São Paulo”, na “Contigo!” e em "Universa", aqui no Uol. Mora também no Instagram: @lubugni

Sobre o Blog

Um olhar esperançoso para atravessar a era digital com um pouco menos de drama. Sororidade e respeito ao próximo caem bem pra todo mundo.